Cinco dicas para integrar o feedback na rotina diária da sua organização

Cinco dicas para integrar o feedback na rotina diária da sua organização

Dar feedback frequente é importante ou não? Este é um dos temas que mais gera discórdia, não só porque alguns defendem que o feedback positivo e frequente é essencial para motivar as equipas, mas porque tantos outros defendem cada vez mais que o feedback negativo é aquele que os colaboradores mais anseiam.

Marcel Schwantes, fundador e Chief Human Officer da Leadership From the Core, escreve num artigo publicado na revista Inc. que apesar de um líder precisar de várias competências para liderar, há um hábito que é absolutamente crucial, mas do qual muitos managers fogem. De acordo com o especialista, muitos líderes são incapazes de dar feedback, “um grande problema, porque quando um membro da equipa não está a receber feedback de forma regular começa a perguntar-se porquê. Os colaboradores são humanos e querem saber como é que a sua performance está a ser avaliada”.

Anna Carroll, autora do livro The Feedback Imperative: How to Give Everyday Feedback to Speed Up Your Team’s Success, defende o feedback frequente como uma das chaves para o sucesso de uma organização e, num artigo recentemente publicado no portal Training Industry, partilha cinco dicas para tornar o feedback parte da rotina diária de uma empresa.

Partilhe o seu entusiamo pelo feedback

“O entusiasmo pelo feedback é contagiante”, diz a autora. De acordo com a especialista, o nosso cérebro transmite emoções e informações diretamente às pessoas que estão ao nosso redor e, de alguma forma, também às pessoas com quem contactamos remotamente. Isto significa que se um líder expressar entusiamo, os membros da sua equipa também se sentirão entusiasmados.

Peça feedback aos outros

A especialista diz ainda que os líderes devem ser os primeiros a pedir feedback e sugestões. Dar o exemplo de como podemos pedir feedback pode incentivar os restantes membros da equipa a fazer o mesmo.

Agradeça

Quando receber feedback, agradeça, mesmo que não tenha sido positivo. O simples facto de alguém nos estar a oferecer feedback deve ser reconhecido. Além disso, é importante que manifeste a intenção de agir de acordo com o que lhe foi transmitido.

A pessoa que lhe está a dar feedback provavelmente perdeu algum tempo a decidir como deveria expressar esse feedback, por isso, é importante transmitir-lhe uma mensagem positiva.

Fale de objetivos comuns

Falar de objetivos partilhados antes de dar feedback faz com que as pessoas aceitem o feedback mais facilmente, de acordo com Anna Carroll.

Fale das suas próprias ações

A especialista diz, por fim, que é importante que os líderes mencionem as suas próprias ações, assim como o feedback que os levou a agir ou a mudar algo.

Gostou deste artigo?
Subscreva a newsletter quinzenal do blog RHBizz. Clique aqui.

Formações ajustadas ao seu negócio

FORMAÇÕES À MEDIDA

Provocamos e aceleramos processos de mudança com a implementação e desenvolvimento de soluções pragmáticas orientadas para os resultados

SABER MAIS